Não existe ainda nenhuma vacina aprovada para a imunização contra o Ebola. Os cientistas estão a trabalhar num diverso número de vacinas para proteger as pessoas contra vírus Ebola, mas embora existem alguns dos resultados promissores, não se chegou ainda a nenhuma fórmula eficaz.

Assim, se possivel, deverá evitar as áreas / zonas geográficas em que seja conhecido a existência de um grande número de casos de Ebola.

Caso vá viajar ou se encontre numa área afetada por um surto de Ebola, para prevenir apanhar o virus Ebola certifique-se de cumprir as seguintes regras:

1. Praticar uma higiene pessoal rigorosa. Por exemplo, lavar várias vezes ao dias as mãos com água e sabão ou até com produto desinfectante à base de álcool.

2. Evitar o contato com fluidos corporais, tais como sangue, suor, saliva, etc…

3. Não tocar em objectos que podem ter estado em contato com sangue ou outros fluidos corporais de uma pessoa infectada (tais como roupa, roupas de cama, agulhas e equipamentos médicos).

4. Evite ir a funeral de alguém que tenha falecido do virus Ebola.

5. Evite o contato com morcegos e primatas ou sangue, fluidos ou carne destes animais.

6. Evite hospitais na África Ocidental, onde os pacientes estão a ser tratados de Ebola.

7. Quando voltar ao seu pais, deverá monitorizar a sua saúde durante pelo menos 21 dias e procurar atendimento médico imediatamente caso surjam alguns sintomas de Ebola.

 

No caso de ser um profissional de saúde, na eventualidade de estar expostos a um paciente com Ebola deve seguir estes passos:

1.Usar vestuário de protecção, incluindo máscaras, luvas, batas e proteção para os olhos.

2.Nunca tocar com as luvas em qualquer parte da pele.

3. Praticar medidas de controle de infecção e esterilização adequadas.

4. Isolar pacientes com Ebola dos outros pacientes.

5. Evitar o contato direto com os corpos das pessoas que faleceram de Ebola.

prevencao_ebola